Apucarana

Geada Negra não está descartada para o fim de julho

As temperaturas podem cair até -5 graus Celsius até a quarta-feira e repetir evento de 1975 na região

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Geada Negra não está descartada para o fim de julho
Geada Negra não está descartada para o fim de julho

Um dos assuntos mais comentados desde a sexta-feira (23) na região, é a expectativa e apreensão com a massa de ar polar de forte intensidade que está chegando ao Brasil. O instituto MetSul Meteorologia, alerta que o evento esperado para a região sul do país, na próxima semana pode ser uma das ondas de frio, mas intenso do século com a previsão de geada e até neve.

continua após publicidade

As temperaturas devem baixar sensivelmente entre a terça (27) e quarta-feira (28) na região derrubando a sensação térmica presente para até -5 graus Celsius.

O alerta se estende para os últimos dias de julho e o início de agosto que deve ser a semana mais fria dos últimos tempos, inclusive com a incidência de ar mais gelado até mesmo no período da tarde. Assim como aconteceu no começo do mês em Apucarana e região, pode gear forte em toda região.

continua após publicidade

O MetSul, lembra da chamada “geada negra “, que causou muito estrago e mudou a geografia econômica de muitas áreas do Paraná no ano de 1.975. A geada negra tem a propriedade peculiar de matar os vegetais por congelamento e a situação não está descartada de ocorrer de novo, segundo o site.

Naquele ano, em 1975 a região Norte do Paraná e a região de Apucarana, teve queimadas praticamente todas as plantações de café que era o carro chefe da economia. Entretanto, apesar dos indícios, ainda assim os especialistas preferem esperar até a segunda-feira (26), para poder confirmar tais eventos meteorológicos para a semana no estado.

Por sua vez, a Defesa Civil do Paraná, lançou nota dizendoque os agentes estão atentos e monitorando esses possíveis eventos severos afim de avisar e apoiar a população do Estado.